A MESA

Teatro I 2019 I 20’00’’ I Livre

Download do Projeto
Download das Informações técnicas

SOBRE
A montagem de A Mesa é fruto da primeira parceria entre a dramaturga e diretora Leonarda Glück e a Pomeiro Gestão Cultural, tendo estreado em 2019 a convite do Sesc São Paulo, dentro da programação do projeto Dramaturgias.

O espetáculo dispõe ao redor de uma mesa de debates transmitida em um programa televisivo cinco personagens singulares: uma mãe de santo negra, um cientista terraplanista, uma mãe solo PhD em Harvard e uma bióloga trans não binária. Há ainda a presença autoritária da mediadora da mesa, que tenta manter a discussão dentro de algum controle, mas falha miseravelmente. Juntos, com humor ácido e corrosivo, eles debatem os principais temas que assolam a humanidade nos tempos atuais. A mulher, a negritude, as novas faces das sexualidades LGBTQ+, as religiões e seus efeitos, a política internacional e a crise humanitária mundial.

Pouco a pouco as personagens descambam dos assuntos filosóficos sobre os quais estão ali para tratar e dão início a uma terrível troca de ofensas em cadeia nacional, transformando o evento no debate mais mal-sucedido da história.

FICHA TÉCNICA
Texto e Direção: Leonarda Glück
Elenco: Nina Ribas, Stéfano Belo, Simone Magalhães, Tiago Luz e Leonarda Glück
Cenário: Katia Horn
Figurinos: Fabianna Pescara e Renata Skrobot
Trilha Original e Operação de Som: Jo Mistinguett
Iluminação e Operação de Luz: Wagner Corrêa
Produtores Associados: Igor Augustho e Leonarda Glück
Coordenador de Produção: Igor Augustho
Assessoria Jurídica e Contábil: Ivanes Mattos
Assistente de Produção: Izadora Figueiredo
Técnica de Palco: Bruna Lima ou Victor Gally
Fotografias (Divulgação): Annelize Tozetto
Realização e Produção: Pomeiro

HISTÓRICO
- Criado e estreado em 2019 a convite do Sesc São Paulo (Sesc Ipiranga) na programação do Projeto Dramaturgias, do Sesc São Paulo.
- Participação na Mostra Novos Repertórios, dentro da Mostra Oficial do Festival de Teatro de Curitiba, em 2020.
- Exibição online de registro audiovisual em março de 2020 através do YouTube da Pomeiro Gestão Cultural.