DEVÓRATE

Dança I 2019 I 55’00’’ I 16 Anos

Download do Projeto
Download das Informações técnicas

SOBRE
Esta peça foi criada para degradar-se em 450 anos sobre a Grande Porção de Lixo do Pacífico, onde o plástico engoliu o futuro. Rebotalho da humanidade, uma mulher foi transformada em proletária digital após a crise da representação. Come-se a si mesma em busca do prazer do corpo coletivo que perdeu outrora. Na criação, uma bailarina-criadora divide a cena com alguns metros de lona plástica e um drone.

Devórate é uma performance de dança que, através do corpo feminino, questiona o consumo desenfreado de materiais plásticos e o desenvolvimento tecnológico frente a frágil existência do ser humano.

Com uma linguagem auto-referencial e antropófaga, o projeto realizou uma intensa pesquisa através de diferentes residências artísticas e técnicas em centros coreográficos e teatro da Espanha e do Brasil.

FICHA TÉCNICA
Direção, conceito e performance: Mari Paula
Direção de movimento: Rebeca García
Colaboração dramatúrgica e de movimento: Janet Novás, Leonarda Glück, Reinaldo Ribeiro e Ricardo Nolasco
Desenho de luz: Carlos Molina e Spacecircles
Técnico em tournê: Semy Monastier ou Carlos Molina
Desenho de som: Jaime Peña
Desenho gráfico: Torreón Arquitectura
Fotos e vídeo: Anjana Guerras
Produção executiva: Gabriel Machado
Produção artística: Giovana Lago e Águila Produções
Produção e Representação (Brasil): Igor Augustho

HISTÓRICO
- Residências artísticas e técnicas: Casa Hoffmann, Curitiba; Centro de Danza Canal e Nigredo Espacio, Madrid; Carme Teatre, Valencia; EiMa Creació, Mallorca; Graner, Barcelona; Palacio de Festivales, Santander.
- Apresentação em 2019 no Club Montparnasse, Madrid, 2019.
- Espetáculo convidado Festival EiMa Festival, Mallorca, 2019.
- Espetáculo integrante do Festival La Espiral Contemporánea | Palácio de Festivales, Santander, 2019.
- Espetáculo integrante da programação do Festival Cicle LGBT do Carme Teatre, Valência, 2019.
- Apresentação no Festival Cena Cumplicidades, Recife, 2019.
- Temporada no Teatro José Maria Santos, Curitiba
- Apresentação no Centro Cultural Guido Viaro, Curitiba
- Temporada na Casa Hoffmann, Curitiba